09-Dez-2016
Início
Busca no site
Na Mídia
Fale conosco
Receba nossa Newsletter
Trabalhe Conosco
Publicações Científicas
 
Plástica de nariz. Beleza com naturalidade.

O nariz é considerado o centro estético da face. Todos conhecemos pessoas bonitas, agradáveis aos olhos, mas que possuem algo estranho, diferente no rosto. Muitas vezes esta diferença está no aspecto do nariz que, devido à sua forma ou tamanho, acaba destoando do conjunto harmônico da face. O aspecto nasal é queixa freqüente em um consultório de cirurgia plástica. A idade do paciente varia desde o adolescente ou adulto jovem até pessoas com idade mais avançada que conviveram durante toda sua vida com uma insatisfação ou constrangimento em relação ao nariz. Algumas vezes, a deformidade estética pode estar associada com problemas na função nasal. Nestes casos, indica-se a correção também do funcionamento nasal, buscando uma melhor qualidade de respiração.

A forma nasal

Não existe um padrão de beleza para o nariz. Ele deve, fundamentalmente, ser de um bom tamanho, uma forma agradável e combinar com a face da pessoa. Por esta razão, o melhor elogio que um paciente (e seu cirurgião) pode receber após uma rinoplastia é de que seu nariz está bem, está bonito, mas que não existe nenhuma evidência ou estigma de que houve uma cirurgia. Até parece que você nasceu com este nariz, comentam alguns. Ou seja, não há beleza sem naturalidade.

Rinoplastia estético-funcional

 Esta cirurgia busca aprimorar a forma nasal e obter uma adequada proporção deste órgão com o resto das estruturas da face, além de manter ou melhorar a qualidade da respiração. Por este motivo, é denominada rinoplastia estético-funcional e, não raras vezes, é associada com a correção de um desvio do septo ou à remoção de estruturas aumentadas na parede nasal denominadas cornetos.

A cirurgia

De um modo geral, a cirurgia pode ser realizada a partir dos 15 anos, em média, dependendo do amadurecimento emocional do paciente, suas expectativas quanto aos resultados e do crescimento e desenvolvimento das estruturas nasais. Apesar de variar conforme cada caso, a rinoplastia pode ser realizada sob anestesia local e os cortes são realizados na parte interna do nariz, não havendo cicatrizes externas. O anestesista acompanha todo o procedimento, tranqüilizando e sedando o paciente e trazendo segurança à cirurgia. O paciente costuma ter alta no mesmo dia com um pequeno curativo de plástico no dorso nasal. Apesar de algum inchaço, normalmente o pós-operatório é tranqüilo, sem maior desconforto ou dor.

Resultados

 A volta à rotina dá-se em poucos dias. O resultado final, em função das características próprias e únicas desta região, costuma aparecer em alguns meses. Porém, em uma semana já é possível perceber as diferenças na forma nasal assim como na qualidade da função respiratória. A rinoplastia é uma das cirurgias mais freqüentes da cirurgia plástica e costuma trazer uma satisfação e alegria muito grande aos pacientes, melhorando não só seu aspecto ou respiração, mas, principalmente, sua auto-estima e qualidade de vida.

Dr. Alberto Goldman CREMERS 14581
Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery

 
< Anterior   Seguinte >
 

Av. Augusto Meyer 163 conj. 1203 • Bairro Higienópolis • CEP. 90550-110 • Porto Alegre / RS - Brasil • Fone/fax: +55 (51) 3342-7722 • Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email