Lipoaspiração a laser ou laserlipólise é nova técnica em modelação corporal. Esta modalidade de lipoaspiração utiliza um laser de última geração no tratamento da gordura localizada e irregularidades do tecido gorduroso.

Como funciona?

O laser rompe a fina membrana das células de gordura transformando-as em óleo.

Que anestesia é utilizada?

Normalmente anestesia local. Mas qualquer tipo de anestesia pode ser utilizada. A opção dependerá das regiões tratadas. Uma solução especial é aplicada no local, facilitando a ação do laser na dissolução da gordura localizada.
Esta solução é facilmente aplicada através de um equipamento denominado “peristaltic pump“. É também com este equipamento que a solução oleosa e restos de células são removidos das áreas tratadas após a ação do laser. Ou seja, a gordura desfeita com o laser é removida com uma suave aspiração.

Como é realizada a Lipoaspiração a Laser?

Através de um pequeno orifício na pele, é introduzida uma delicada micro cânula de apenas um milímetro de diâmetro. Esta delicada cânula contém uma fibra ótica que conduz o laser até as células gordurosas. A ação do laser quebra a membrana das células de gordura. Com isso, as células perdem sua integridade e deixam de existir. Além de tratar a gordura localizada, os pequenos vasos sanguíneos existentes no tecido gorduroso são coagulados pela ação do laser.

Quais são as indicações da laserlipólise?

A lipoaspiração a laser, laserlipólise, ou lipoescultura a laser tem os mesmos objetivos, indicações e resultados da lipoaspiração tradicional. Ela é capaz de reduzir a gordura localizada, atenuar a celulite, remodelar o contorno corporal, atenuar a flacidez ou corrigir irregularidades de cirurgias prévias.

A lipo a laser pode ser usada na face?

A lipoaspiração a laser também está indicada na face e pescoço. Um dos principais efeitos nestas áreas é a melhora da flacidez de pele. Além de reduzir a gordura localizada na papada ou região inferior da face, o laser produz uma remodelação do colágeno, melhorando a textura da pele, o ângulo entre o queixo e pescoço e, principalmente, o contorno da mandíbula. O procedimento é rápido, realizado com anestesia local e sem cicatrizes.

Qual a quantidade de gordura pode ser retirada com a lipo a laser?

A quantidade de gordura a ser removida depende de cada caso, obedecendo resolução do Conselho Federal de Medicina sobre a lipoaspiração.

Como é a recuperação?

Devido à ação seletiva do laser, a recuperação costuma ser rápida, com poucos hematomas ou desconforto e inchaço. É um procedimento ambulatorial, permitindo o retorno progressivo às atividades normais em poucos dias. Fatores individuais também influenciam na qualidade da recuperação. Como tudo na medicina, a resposta, resultados, complicações e recuperação variam segundo cada paciente.

Quem pode se beneficiar?

Pessoas de ambos o sexos e de qualquer idade podem realizar esta verdadeira lipoescultura à laser, desde que apresentem boas condições de saúde e expectativas reais em relação ao tratamento. Apesar de a lipoaspiração a laser representar um moderno recurso em modelação corporal e poder ser associada a outras técnicas, o resultado irá variar segundo as características e limitações de cada caso.

Quais são as características deste método?

A modelação corporal a laser geralmente não requer internação nem anestesia geral, sendo um procedimento ambulatorial. É realizada em ambiente hospitalar após avaliação clínica e laboratorial do paciente. A técnica é bastante refinada. Geralmente há poucos inconvenientes no período pós-operatório como hematomas (sinais roxos), edema (inchaço), fatos muito comuns com os tradicionais métodos de modelação corporal cirúrgica.
Normalmente há uma rápida recuperação. O retorno às atividades normais costuma se dar em poucos dias, de uma maneira progressiva.

É possível melhorar a celulite com este método?

O tipo de laser utilizado neste procedimento também é indicado na atenuação da celulite. Normalmente, opta-se pela associação de vários recursos para a obtenção de melhores resultados, como microenxerto de gordura, plasma rico em plaquetas, drenagem linfática, laser externo, ultrassom, radiofrequência ou endermologia.
Apesar das características específicas deste método, a lipoaspiração a laser não é isenta de riscos, à semelhança de qualquer outro ato médico. Daí advêm a importância de uma cuidadosa avaliação pré-operatória e de uma orientação criteriosa por parte do cirurgião.

Existem outras indicações para o uso deste tipo de laser?

O laser utilizado na laserlipólise também pode ser útil no tratamento do suor excessivo nas axilas (hiperidrose), odor nas axilas (bromidrose ou osmidrose), tratamento da dor e edema, alterações odontológicas e gengivais, herpes, estrias, cicatrizes, micose de unhas e algumas alterações vasculares. Recentes estudos mostram resultados promissores no uso desta energia luminosa no tratamento de outras alterações clínicas.

Apesar de representar um avanço, a técnica não é um milagre, devendo ser indicada e utilizada com critério e bom senso.