O uso do laser representa um importante avanço no tratamento de alterações vasculares na face e corpo.

O que são alterações vasculares?

Os vasos sanguíneos conduzem o sangue venoso e arterial. Estes vasos podem apresentar alteração na forma, tamanho, quantidade ou localização. A isto denominamos alteração vascular.

Quais são as principais alterações dos vasos?

Hemangiomas (manchas ou placas avermelhadas ou violáceas), pequenos vasos em pernas e no rosto (varizes e microvarizes), rosácea (manchas avermelhadas na face, podendo estar acompanhadas de calor, inflamação e acne), poiquilodermia (manchas avermelhadas no pescoço).

Como funciona o laser vascular?

Lasers vasculares concentram sua energia luminosa no pigmento vermelho do sangue (hemoglobina), coagulando os pequenos vasos e microvarizes.

Como é realizado o tratamento?

Aplica-se frio com um equipamento especial e em alguns casos pomada anestésica. O laser é emitido através da pele, sem agulhas ou picadas. Numa única sessão é possível tratar uma extensa área contendo muitos vasos ou microvarizes.

O laser substitui o tratamento clássico com agulhas?

Não, cada caso deve ser avaliado. Algumas vezes podem ser utilizados ambos os tratamentos.

Em que áreas pode ser utilizado o laser vascular?

As principais áreas são a face, pescoço, pernas, coxas e tronco.

Vasinhos no nariz podem ser tratados com esta tecnologia?

A presença de vasinhos na asa e dorso do nariz e telangietasias na face (pequenos vasos tortuosos, conhecidos como aranhas vasculares) igualmente responde muito bem ao tratamento a laser ou luz pulsada.

Como é a recuperação?

Por se tratar de um tratamento pouco invasivo, a aplicação do laser vascular costuma ser bem tranquila com retorno imediato à rotina. Proteção solar é recomendada.