24-Abr-2014
Início
Busca no site
Na Mídia
Fale conosco
Receba nossa Newsletter
Trabalhe Conosco
Publicações Científicas
   
 
CICATRIZES

Como e porque se formam as cicatrizes?
O ser humano desenvolve, basicamente, três tipos de cicatrizes. A cicatriz dita normal, pouco perceptível, a hipertrófica, já maior e mais escura e a cicatriz queloideana, alta, firme, dolorida e com crescimento desordenado. Esta última leva a importante deformidade estética. As cicatrizes podem ser ocasionadas por um acidente, cirurgia, decorrentes de acnes ou queimaduras. 

Como é o tratamento das cicatrizes?
O tratamento do quelóide ou cicatriz inestética dependerá do tamanho, localização e tempo de aparecimento, variando desde injeções de medicação no local, cremes, radioterapia, pressoterapia, uso do laser ou até cirurgia. O desaparecimento total é praticamente impossível, pois seu principal fator causal é genético e não depende da perícia do médico. Pessoas com história de cicatrizes queloideanas devem estar sempre atentas sobre esta característica e ter em mente que qualquer novo traumatismo ou cirurgia poderá levar ao surgimento ou acentuação destas cicatrizes. 

Principais opções de tratamento para as cicatrizes:
  • Infiltração de Medicações: Algumas drogas injetáveis podem melhorar a qualidade de cicatrizes, reduzindo seu tamanho ou mesmos melhorando sintomas como a coceira ou dor nos casos de quelóides e cicatrizes hipertróficas. Em geral, são utilizados alguns tipos de corticóides e, mais recentemente, alguns citostáticos usados no tratamento do câncer.
  • Pressoterapia com lâminas de Silicone ou Fitas especiais: A pressão constante e suave em uma cicatriz costuma resultar em uma melhora no seu aspecto e volume. Este é um tratamento simples e econômico, porém não pode ser utilizado em qualquer área do corpo ou face.
  • Cremes tópicos: Alguns cremes, hidratantes e cosméticos são capazes de melhorar a textura e qualidade de cicatrizes.
  • Peelings Químicos: Ácidos, despigmentantes e outros produtos podem ser aplicados nas cicatrizes produzindo sua melhora ou clareamento.
  • Massagens: Indicadas nas cicatrizes endurecidas ou aderidas.
  • Cirurgia: A revisão cirúrgica de cicatrizes pode melhorar sua aparência. Muitas vezes as cicatrizes antigas são removidas ou reposicionadas com a intenção de torná-las menos perceptíveis.
  • Betaterapia: Tipo especial de radiação utilizada para atenuar as cicatrizes elevadas e quelóides. Tem sido pouco utilizada atualmente.
  • Laser e Luz Pulsada: Diferentes tipos de equipamentos de laser e de luz pulsada podem ser utilizados nas cicatrizes. Cada tipo de equipamento possui características diferentes. Por isso algumas vezes é necessário utilizar mais de um equipamento. É possível clarear as cicatrizes, melhorar a vermelhidão do aspecto inflamatório, suavizar pequenos vasinhos ao redor das cicatrizes e mesmo baixá-las. Além disso, existe uma importante formação de colágeno após o tratamento com laser e luz pulsada, o que acaba melhorando sua aparência.
  • Microdermoabrasão e Abrasão: Através de equipamentos especiais a cicatriz é suavemente lixada.
Normalmente, as cicatrizes são tratadas utilizando-se a combinação de dois ou mais tratamentos. A característica de uma cicatriz, sua localização, causa, tipo de pele, recursos utilizados previamente e outros detalhes irão determinar as opções mais adequadas de tratamento, buscando obter cicatrizes mais dissimuladas. Seu desaparecimento completo é muito difícil.
 
< Anterior   Seguinte >
 
 

Av. Augusto Meyer 163 conj. 1203 • Bairro Higienópolis • CEP. 90550-110 • Porto Alegre / RS - Brasil • Fone/fax: +55 (51) 3342-7722 • Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email
Site desenvolvido por: Dableoecê Comunicação.